31 março 2010

Lua Cheia de Março: A Lua da Tempestade

A palavra "março" deriva de Marte, uma homenagem ao deus que traz vitalidade, deus da guerra, protetor do gado, dos campos e das fronteiras, da agricultura, além de contras as doenças. Seu nome é de origem desconhecida, mas seu nome mais antigo parece ser Marmors, que pode ter a ver com "mármore" (em latim "marmor"), que era usado para marcar fronteiras entre terras. Na Roma Antiga, Março era o primeiro mês do ano, iniciado 21 de março, no equinócio. Os rituais feitos eram de purificação e regeneração das armas e dos campos, pois os agricultores tinham que cultivar e proteger suas terras.
Marte é o Poder Protetor, a agressividade dirigida pela luta, a coragem para todo tipo de batalha: bélica, do dia a dia, do trabalho, da defesa da comunidade, até ideológica, etc. É uma força que pode nos levar a enfrentar algo quase impossível, apenas pelo dever de o fazer. É também a consciência de que, enquanto houver seres humanos, a guerra nunca acabará, pois que sempre existiu e é inerente aos homens.

A Lua de Tempestade também é conhecida Lua dos Ventos, Lua Quaresmeira, Lua do Arado, Lua do Corvo, Lua do Olho Interior e Nuin - Ash Moon (Lua do Freixo) para os celtas. Traz energias de recomeço, prosperidade, libertação e equilíbrio. É necessário que nos harmonizemos com as energias tempestuosas e guerreiras deste nos desfazendo de ilusões, encarando verdades muitas vezes dolorosas, renovando nossos relacionamentos (afetivos e profissionais) e, principalmente buscando nosso equilíbrio e crescimento pessoal. A luz do mês de março dá a oportunidade de iniciar novos projetos e empreendimentos e crescer em todos os sentidos, mas, para isso, devemos aprender a transmutar sentimentos e ilusões que em nada contribuem para nossas vidas.

O dom de enxergar além das aparências é inerente a todas as mulheres/fadas/bruxas/magas/feiticeiras. Neste mês você poderá trabalhar sua capacidade de enxergar as verdades que estão ocultas. Para que essa sensibilidade se manifeste, porém, você precisará aperfeiçoar sua relação com o mundo. Diariamente, exercite esse dom de "observar" o universo:

   1. Ao acordar, dirija-se à janela e olhe o dia. Perceba como está o tempo. Chove? Faz Sol? Olhe bem para o céu.
   2. Ao tomar o café da manhã, sinta o sabor dos alimentos. Comente com os outros o que está a sentir.
   3. Ao sair de casa, observe atentamente o caminho, parando sempre que alguma coisa chamar a sua atenção.
   4. Cumprimente gentilmente todas as pessoas que passarem por você, mesmo aquelas que não conhece.
   5. Ao encontrar um amigo, converse com ele e diga o quanto está feliz por vê-lo.
   6. Dê atenção a todo animal que encontrar.
   7. Ao entardecer, suspenda as suas actividades e observe o dia que termina. Perceba as cores, os sons, os cheiros, os movimentos da natureza.
   8. Ao jantar, converse com os outros sobre os acontecimentos do dia e agradeça pelo alimento que agora você come.
   9. Antes de dormir, "converse" com a noite e diga-lhe que você deseja ampliar a sua visão interior.

Fonte: http://alma-cigana.blogspot.com/2010/03/marco-lua-da-tempestade.html

Um comentário:

  1. Never mock at Eris
    Lest Eris mock with you
    Hers is a brave dispassion
    You haven't got a clue

    hoLY cHaOS

    share and enjoy

    Emerging Visions visionary art 'zine #17 ~ HOly ChAoS

    http://emergingvisions.blogspot.com

    ResponderExcluir